Viajar é uma atividade prazerosa que requer planejamento e atenção. Quando o assunto é viajar com crianças o planejamento precisa ser ainda mais minucioso e a atenção redobrada. Se fuso horário, comidas diferentes, muita informação para assimilar, rotina alterada, horas de espera em aeroporto e camas e chuveiros diferentes do que há em casa já alteram o humor dos adultos, imagine o das crianças. Por isso, para que viajar com crianças nas férias seja uma atividade tranquila, separamos 10 dicas de ouro. Fique ligado!

1. Horas e horas de espera.

Compreensivelmente, os pequenos costumam ficar muito irritados em deslocamentos que se estendam por horas. Para viagens de carro, faça paradas estratégicas para que eles possam comer, ir ao banheiro, esticar as pernas e brincar um pouco.

2 – Tenha sempre uma carta na manga.

Independente do meio de transporte escolhido, tenha lanches e brinquedos sempre à mão. Além de criar brincadeiras na hora. No post Férias: 10 brincadeiras para fazer em casa e integrar mais família (inserir link) há algumas brincadeiras que podem ser feitas mesmo dentro de um avião, por exemplo.

3 – A tal da diferença de pressão

Quando subimos ou descemos uma serra ou quando pousamos e decolamos de avião, ocorre uma diferença entre a pressão do ar que está dentro do nosso ouvido e a que está fora. Como, na maioria das vezes, o corpo não tem tempo suficiente para igualar essa pressão, é normal sentirmos um desconforto ou uma sensação de ouvido tampado. Esse tempo para igualar é maior nas crianças. Por isso, elas podem sentir mais desconforto que os adultos. Para ajuda-las, o ideal é oferecer chicletes ou bebidas para que elas façam o movimento de mastigar e engolir.

4 – A hora da alimentação

Na medida do possível, mantenha a rotina e os horários de alimentação para gerar menos estresse para as crianças. Quando não for possível, tudo bem. Afinal, nas férias fugir um pouco da rotina é permitido, certo? É importante levar lanchinhos para momentos estratégicos, escolher restaurantes que seguem normas de higiene, priorizar aqueles que tenham cardápio kids, evitar saladas cruas, alimentos muito condimentados e diferentes do que as crianças estão acostumadas a comer.

5 – Para todos

Viajar com crianças nas férias deve ser um momento que proporcione experiências bacanas para cada indivíduo e para a família como um todo. Pesquise destinos que tenham diversão para todas as idades e as chances de sucesso serão maiores.

6 – E os bebês?

Muitos pais têm receio de viajar com os bebês. É importante saber que menores de 2 anos não pagam passagem aérea – se ficarem no colo dos pais – nem hospedagem, em muitos casos. Além disso, essa fase possui alimentação mais simples, o que pode facilitar um pouco. É importante estudar a possibilidade de levar o (a) filho (a) desde pequeno (a) para viajar para já acostumá-lo com essa rotina.

7 – Como não estourar o orçamento da viagem

Viagem pode e deve ser uma ótima oportunidade de ensinar finanças às crianças. É comum que alguns pais percam o controle dos gastos, cedam aos pedidos dos pequenos e acabem comprando e gastando mais que o previsto. É interessante estipular um orçamento para a viagem, controlar os gastos e incluir as crianças nessa atividade. Dessa forma, eles começarão a ter noções de custos, de matemática e de fazer escolhas sobre o que comprar.

8 – Viajar com crianças nas férias sem estresse

Imprevistos acontecerão. Fato! O importante é não perder o bom humor para que você não estrague as próprias férias e para que as crianças não sejam contaminadas com a tensão. Uma dica boa é – quando acontecer um problema – dividir o time: um adulto fica distraindo as crianças e o outro vai buscar informações e resolver a situação.

9 – Saúde

Probleminhas de saúde e doenças podem acontecer. Leve remédios para emergência e não esqueça de levar a carteirinha do plano de saúde ou de contratar um seguro viagem.

10 – Voltar para a rotina

Para voltar para a rotina sem estresse é importante que isso aconteça gradualmente. Assim, as crianças não sofrerão tanto o impacto.

 

Quando voltar, reúna a família para escolher os melhores vídeos e fotos para montar um álbum ou uma apresentação para amigos e familiares. Além de reviver a viagem, você estará proporcionando um novo momento em família.

Veja também:  Super Nanny – 10 regras para educar as crianças

Deixe sua Resposta